Cheguei ao fundo do poço! E agora?

Cheguei ao fundo do poço! E agora?

Olá, Amigos!

Estão todos bem? Espero que sim!

É imensa a satisfação com que escrevo este artigo!

Diante da crise que assola o país, dois amigos conversam…

— Cheguei ao fundo poço! Lamenta-se o primeiro.

— Chegar ao fundo do poço não é o fim. É um recomeço! Reúna todas as suas últimas forças e dê impulso. Você retornará à superfície! Incentiva o segundo.

Em relação à vida de concurseiro, muitos de vocês já chegaram ao fundo do poço, não é verdade?

Reúnam todas as suas últimas forças e motivem-se novamente!

Não desistam, meus Amigos, pois agora vocês chegaram ao lugar certo!

Bem-vindos ao Olá Amigos!


CHEGAR e IR

Os verbos CHEGAR e IR, no sentido de atingir local, são INTRANSITIVOS regidos pela preposição “A” (o verbo IR também admite o uso da preposição “PARA”). Com essa acepção, tais verbos têm seus sentidos expandidos por um Adjunto Adverbial de Lugar e, por denotarem movimento, exigem o emprego de AONDE.

Exs.: Chegou aonde?

Cheguei ao curso.

Foi aonde?

Fui ao curso.

Fui para o curso.


JÁ CAIU EM PROVA!


1- CESPE/2009 – FUB – Técnico em Audiovisual

Emprega-se o acento grave em “chegar às prateleiras” porque o verbo “chegar”, de acordo com a norma padrão, exige preposição a, que, nesse caso, craseia-se com o artigo, no plural, as.

CERTO (  ) ERRADO (  )


2- QUADRIX/2014 – Prefeitura de Rio Branco/AC – Agente Administrativo (Adaptada)

A frase “eles chegaram no teatro atrasados” segue a norma culta no que diz respeito à regência verbal.

CERTO (  ) ERRADO (  )


3- CONESUL/2009 – TJ/SC – Oficial de Justiça (Adaptada)

Na frase “Aonde querem chegar com essas atitudes?”, o uso de “aonde” se encontra adequado à norma culta.

CERTO (  ) ERRADO (  )


4- ESPP/2014 – BANPARÁ – Médico (Adaptada)

Em “não iremos à faculdade hoje”, o uso do acento indicativo de crase está correto.

CERTO (  ) ERRADO (  )


5- FUNDEP/2013 – CISSUL/MG – Técnico em Enfermagem (Adaptada)

Em “desistiram de ir aonde desejavam”, o termo “aonde” não foi empregado corretamente.

CERTO (  ) ERRADO (  )


COMENTÁRIOS


1- O item está CERTO.

Emprega-se o acento grave em “chegar às prateleiras” porque o verbo “chegar”, de acordo com a norma padrão, exige preposição a, que, nesse caso, craseia-se com o artigo, no plural, as.


2- O item está ERRADO.

O verbo “chegar” exige a preposição “a”.

Corrigindo: “eles chegaram ao teatro atrasados”.


3- O item está CERTO.

Por ser um verbo com sentido de movimento, “chegar” exige o emprego de “aonde”.


4- O item está CERTO.

O uso do acento indicativo de crase está correto, pois marca a presença da preposição “a” (exigida pelo verbo “ir”) e do o artigo “a”.


5- O item está ERRADO.

Por ser um verbo com sentido de movimento, “ir” exige o emprego de “aonde”.


Por hoje é só, meus Amigos!

Bons estudos!

Até breve!

Abraços!

Elias Junior

jlmeliasjunior@gmail.com

facebook.com/jlmeliasjunior