Exceções que geram Regras!

Exceções que geram Regras!

Olá, Amigos!

É sempre uma imensa satisfação escrever-lhes!

Estão todos bem? Espero que sim!

A maioria das Gramáticas costuma trazer as regras de acentuação gráfica de uma forma muito “engessada”, sem esclarecer o porquê de acentuarmos determinadas palavras. Sorte de quem assistiu ao curso de Gramática do Prof. Pedro Daniel, Doutorando em Língua e Cultura. No curso desse Mestre em Língua e Linguística, pudemos entender como, de fato, tais regras surgiram.

O principal critério utilizado foi o de “escassez”, quanto à tonicidade, de determinado grupo de palavras.

O léxico da Língua Portuguesa é composto, em sua MINORIA, por palavras proparoxítonas, acentuando-se todas.

Entre as paroxítonas, as terminadas em “A(s)”, “E(s)”, “O(s)”, “EM” e “ENS” são MAIORIA, não sendo acentuadas.

Meus Amigos, vocês conseguiram perceber? No nosso idioma, por via de regra, acentuam-se as exceções.

Exceções que geram regras!


ACENTUAÇÃO GRÁFICA

Conforme adiantado no artigo “Ônibus tem aCento! E aSSento?”, os sinais diacríticos que confirmam a presença da sílaba tônica são, para sons abertos, o agudo ( ´ ) e, para sons fechados, o circunflexo ( ^ ). Porém, mesmo não determinando a tonicidade da sílaba, outros sinais diacríticos merecem destaque:

- grave ( ` ) – acento indicativo de crase.

- til ( ~ ) – indica nasalização.


REGRAS GERAIS

1- MONOSSÍLABOS TÔNICOS – todos os terminados em “A(s)”, “E(s)” e “O(s)”, inclusive as formas verbais acompanhadas de “LO(s)” e “LA(s)”, são acentuados.

Exs.: , , , -la, -lo, -las.

2- OXÍTONAS – todas as terminadas em “A(s)”, “E(s)”, “O(s)”, “EM” e “ENS” são acentuadas.

As formas verbais terminadas em “A(s)”, “E(s)” e “O(s)”, quando acompanhadas de “LO(s)” e “LA(s)”, também são acentuadas.

Exs.: ca, ca, ci, armazém, parabéns, a-la, pren-lo, re-las.

3- PAROXÍTONAS – todas as terminadas em “I(s)”, “U(s)”, “R”, “N”, “L”, “X”, “PS”, “OM”, “ON(S)”, “UM”, “UNS”, “Ã(s)”, “ÃO(s)” e ditongo oral são acentuadas.

Exs.: biquíni, pus, caver, fen, portil, rax, ceps, dom, íon, álbum, órfã, órfão, viria.

Meus Amigos, caso queiram decorar as regras das paroxítonas, segue uma dica: o mnemônico “RINLUX” engloba parte das terminações.

Agora, se não quiserem decorar as regras das paroxítonas, segue uma dica melhor ainda: as paroxítonas terminadas em “A(s)”, “E(s)”, “O(s)”, “EM” e “ENS” NÃO são acentuadas!

Em relação à palavra “hífen”, sua forma no singular é acentuada por ser paroxítona terminada em “N”; sua forma no plural (hifens) não é acentuada por ser paroxítona terminada em “ENS”.

4- PROPAROXÍTONAS – todas são acentuadas.

Exs.: ônibus, mero, tráfego.

As paroxítonas terminadas em ditongo crescente podem ser classificadas como proparoxítonas acidentais, sem que haja mudança na acentuação.

Ex.: vi--ria (paroxítona) / vi--ri-a (proparoxítona).


JÁ CAIU EM PROVA!


1- FGV/2016 – SEE/PE – Professor de Língua Portuguesa (Adaptada)

Em uma prova de Português, uma das questões solicitava a separação silábica da palavra “importância” e o gabarito seguido pela professora era o de que a palavra deveria ser separada da seguinte forma: im-por-tân-cia.

O gabarito está correto, mas incompleto, pois outra separação é possível.

CERTO (  ) ERRADO (  )


2- CESPE/2016 – DPU – Analista (Adaptada)

Os vocábulos “caráter”, “intransferível” e “órgãos” são acentuados em decorrência da regra gramatical que classifica as palavras paroxítonas. 

CERTO (  ) ERRADO (  )


3- CESPE/2015 – TCU – Auditor Federal de Controle Externo (Adaptada)

As palavras “líquida”, “público”, “órgãos” e “episódicas” obedecem à mesma regra de acentuação gráfica.

CERTO (  ) ERRADO (  )


4- CESGRANRIO/2013 – IBGE – Nível Superior (Adaptada)

A palavra “através” recebe acento gráfico por ser proparoxítona.

CERTO (  ) ERRADO (  )


5- IESES/2014 – GasBrasiliano – Engenheiro (Adaptada)

Acentuam-se as oxítonas terminadas em “A”, “E”, “O”, seguidas ou não de “S”, inclusive as formas verbais assim terminadas quando seguidas de “LO(s)” ou “LA(s)”.

CERTO (  ) ERRADO (  )


COMENTÁRIOS


1- O item está CERTO.

Paroxítonas terminadas em ditongo crescente também podem ser classificadas como proparoxítonas acidentais. A separação silábica pode se dar de duas formas: im-por-tân-cia (paroxítona) ou im-por-tân-ci-a (proparoxítona). Em relação à acentuação, não há alteração.


2- O item está CERTO.

Paroxítonas terminadas em “R”, “L”, “ÃO(s)” são acentuadas.


3- O item está ERRADO.

As palavras “-qui-da”, “-bli-co” e “e-pi--di-cas” obedecem à regra de acentuação gráfica das proparoxítonas. A palavra “ór-gãos” obedece à regra de acentuação gráfica das paroxítonas.


4- O item está ERRADO.

A palavra “através” recebe acento gráfico por ser oxítona terminada em “E(s)”.


5- O item está CERTO.

Complementando as informações do enunciado, acentuam-se, também, as oxítonas terminadas em “EM” e “ENS”.


Por hoje é só, meus Amigos!

Bons estudos!

Até breve!

Abraços! 

Elias Junior

jlmeliasjunior@gmail.com

facebook.com/jlmeliasjunior