Hello e texto traduzido do Economist!

Hello e texto traduzido do Economist!

Hello, Sweethearts!!!

É um prazer estar de volta no novo Olá Amigos! I’ve been missing you too much! (Traduzindo: Tenho sentindo muitas saudades de vocês!)

Se Deus permitir, continuaremos a fazer muitos passeios pelos English Tests das bancas desvendando juntos os seus segredos e idiossincrasias!

E para começarmos a matar a saudade, que tal a tradução de um texto recente de uma das nossas sources preferidas – The Economist – sobre o mundo econômico da Califórnia, feita com o carinho de sempre para vocês? Ei-la logo abaixo!

Kisses and see you soon!

Clésia

E-mail: clesiamaia@gmail.com

Facebook: Clésia Maia


Taxes in California

Stop dreamin’

California’s tax system needs reform. It is unlikely to get it

Jul 9th 2016 

Impostos na Califórnia

Pare de sonhar

O sistema tributário da Califórnia precisa de uma reforma. É pouco provável consegui-la

09 de julho de 2016


NOT long ago, California’s finances were a mess. The state’s tax revenues tanked during the recession of 2008-09. At one point in 2009 it ran out of money completely, prompting it start issuing IOUs and to force employees to take unpaid leave. Revenues have grown only slowly since. But in California, as in every state except Vermont, the law requires a balanced budget. As a result, from 2008 to 2012, politicians slashed spending. So it was testament to the state’s fiscal turnaround when on June 27th Jerry Brown, California’s fiscally hawkish governor, signed a budget without finding the need to veto any item of spending.

Não muito tempo atrás, as finanças da Califórnia estavam uma bagunça. As receitas fiscais do Estado despencaram durante a recessão de 2008-09. Em um ponto, em 2009, ficou sem dinheiro completamente, levando-a a começar a emitir notas promissórias e a forçar os empregados a tirar licença não remunerada. As receitas têm crescido lentamente desde então. Mas, na Califórnia, como em todos os estados, exceto Vermont, a lei exige um orçamento equilibrado. Como resultado, de 2008 a 2012, os políticos cortaram os gastos. Então, isso foi evidência da reviravolta fiscal do estado, quando em 27 de junho, Jerry Brown, governador linha-dura se tratando de finanças da Califórnia, assinou um orçamento sem achar necessário vetar qualquer item dos gastos.


The economic recovery has, for now, filled California’s coffers. Lawmakers are relaxing constraints on welfare spending and have even found some new money for infrastructure. But the Treasury’s long-term health remains uncertain. For that, thank the state’s oddball tax system.

A recuperação econômica tem, por enquanto, enchido os cofres da Califórnia. Os legisladores estão relaxando as restrições sobre os gastos com o bem-estar e até mesmo têm encontrado algum dinheiro novo para a infraestrutura. Mas a saúde de longo prazo do Tesouro permanece incerta. Por essa razão, graças ao sistema fiscal excêntrico do estado.


Two things stand out about taxes in California. The first is their progressivity. The top rate of state income tax, levied on incomes greater than $1m, has been 13.3% since 2012, when voters approved a ballot measure raising it from an already steep 10.3%. (These rates come on top of the highest federal levy of 39.6%, though taxpayers can usually knock state taxes off their federally taxable income.) Today the income-tax rate is the highest in the country. As inequality has increased over the past two decades, the state’s fondness for soaking the rich has proved lucrative. Since 1995, while incomes have grown by about 160%, the income-tax take is up 300%. But this has also made the budget reliant on a small number of high earners. In 2014 the top 1% of earners paid 48% of all income tax, up from 36% in 1995.

Duas coisas se destacam sobre os impostos na Califórnia. O primeiro é a sua progressividade. A taxa máxima do imposto de renda do estado, que incide sobre os rendimentos superiores a US $ 1 milhão, foi de 13,3% desde 2012, quando os eleitores aprovaram uma medida elevando-a de uma já excessiva 10,3%. (Estas taxas estão no topo do mais alto imposto federal, de 39,6%, embora os contribuintes geralmente possam abater impostos estaduais da sua renda federal tributável.) Hoje a taxa do imposto de renda é a mais elevada do país. Como a desigualdade tem aumentado ao longo das últimas duas décadas, o desejo do estado de explorar os ricos tem se provado lucrativa. Desde 1995, enquanto as receitas têm crescido cerca de 160%, a receita do imposto de renda é de até 300%. Mas isso também fez com que o orçamento dependesse de um pequeno número de pessoas com rendimentos elevados. Em 2014, a elite de 1% dos assalariados paga 48% de todo o imposto de renda, acima dos 36% em 1995.


The second oddity is the set of strict constraints on local property taxes. Because these finance schools, and the state tops up local education budgets when necessary, property taxes affect the state’s bottom line. Proposition 13, a ballot measure passed in 1978, caps these levies at 1% of a property’s value. It also stops the tax bill on a given property from rising by more than inflation unless the property changes hands, no matter how much its value increases. This benefits homeowners but also firms who, on selling a property, can use shell companies to avoid a technical change of ownership. According to one estimate, in 2012-13 nearly 40% of commercial properties were assessed at less than 80% of market value.

A segunda particularidade é o conjunto de restrições estritas de impostos sobre as propriedades locais. Por causa destas escolas de finanças, e o estado completar orçamentos da educação local, quando necessário, os impostos sobre as propriedades afetam o lucro do estado. Proposição 13, uma medida eleitoral aprovada em 1978, limita estes impostos para 1% do valor de uma propriedade. Ele também impede que a lei fiscal em uma determinada propriedade aumente mais do que a inflação, a menos que a propriedade mude de mãos, não importa o quanto seu valor aumenta. Isto beneficia os proprietários, mas também empresas que, na venda de uma propriedade, podem usar empresas de fachada para evitar uma mudança técnica de propriedade. De acordo com uma estimativa, em 2012-13 cerca de 40% das propriedades comerciais foram avaliadas em menos de 80% do valor de mercado.


Fonte: http://www.economist.com/news/finance-and-economics/21701759-californias-tax-system-needs-reform-it-unlikely-get-it-stop-dreamin