Mães, Parabéns!

Mães, Parabéns!

Olá, Amigos!

Tudo bem?

Muitas vezes, em função da pressa que a vida nos impõe, mal nos damos conta daquilo que mais importa para nós: do amor que nos cerca e que nos toca a alma!

E quando se fala em amor, decerto que nos lembramos de nossas mães!

É injusto atribuir um único dia a alguém que vive o amor materno o ano inteiro. Ainda assim, serve este dia para rendermos homenagens que, por mais sinceras e cheias de sentimento, jamais retribuirão mínima ou adequadamente por tudo que nós, filhos e filhas, delas recebemos!

Quem mais seria capaz de viver um amor tão próximo do amor de Deus? 

Amor de mãe é assim:

Um amor que é paciente!

Um amor que é bondoso!

Um amor que não sente inveja ou se envaidece!

Um amor que não maltrata!

Um amor que não procura os próprios interesses!

Um amor que perdoa, que não guarda rancor!

Um amor que não se alegra com a injustiça, mas se compraz com a verdade!

Um amor que tudo sofre!

Um amor que tudo crê!

Um amor que tudo espera!

Um amor que tudo suporta!

À minha mãe, Marilúcia, toda a minha eterna gratidão e o meu amor de filho!

E às mães concurseiras de todo o Brasil, que aprendem a conciliar a missão materna à rotina de estudos e de trabalho, com tanta coragem e obstinação, meus mais sinceros parabéns!

Que Deus abençoe grandemente a todas vocês!

Feliz Dia das Mães!

Um ótimo domingo a todos!

Sérgio