Mário Quintana no Olá Amigos!

Mário Quintana no Olá Amigos!

Olá, Amigos!

Tudo bem com vocês?

Desejo-lhes uma semana abençoada e de muito aprendizado!

Que tal começar com um pouco de poesia? 

Nada melhor que Mário Quintana!

Abraços a todos!

Sérgio

olaamigos@gmail.com


Das Utopias

Se as coisas são inatingíveis... ora!

Não é motivo para não querê-las...

Que tristes os caminhos, se não fora

A presença distante das estrelas!


Da Felicidade

Quantas vezes a gente, em busca da ventura,

Procede tal e qual o avozinho infeliz:

Em vão, por toda parte, os óculos procura

Tendo-os na ponta do nariz!


Poeminha do Contra

Todos estes que aí estão

Atravancando o meu caminho,

Eles passarão.

Eu passarinho!


Do sabor das coisas

Por mais raro que seja,

Ou mais antigo,

Só um vinho é deveras excelente:

Aquele que tu bebes calmamente

Com o teu mais velho

E silencioso amigo...


Da observação

Não te irrites, por mais que te fizerem...

Estuda, a frio, o coração alheio.

Farás, assim, do mal que eles te querem,

Teu mais amável e sutil recreio...


Dos nossos males

A nós bastem nossos próprios ais,

Que a ninguém sua cruz é pequenina.

Por pior que seja a situação da China,

Os nossos calos doem muito mais...


Do amoroso esquecimento

Eu agora — que desfecho!

Já nem penso mais em ti…

Mas será que nunca deixo

De lembrar que te esqueci?