O Efeito Conta-Gotas!

O Efeito Conta-Gotas!

Olá, Amigos!

Tudo bem?

Para mim, é sempre uma alegria escrever-lhes!

Um dos maiores desafios de um concurseiro é saber planejar bem os seus estudos.

Infelizmente, é grande o número daqueles que se perdem em suas tentativas de organização, e terminam frustrados...

A intenção quase sempre é das melhores, mas os métodos são falhos, levando a resultados muito aquém das possibilidades.

A vida me ensinou, meus amigos, que "planejamento é laboratório". 

"O que significa isso, professor?"

Significa que, por mais confiante que vocês estejam acerca da qualidade do seu planejamento, a sua eficácia só pode ser comprovada com a vivência quotidiana do que foi planejado! 

Eu tenho anos e anos de  prática em criar planos de estudos para os meus orientandos no Personal, o meu Projeto de coaching para concursos. Modéstia à parte, creio que me tornei realmente muito bom em fazer isto. E, ainda assim, eu repito a mesma frase a todos eles: "Faça uma semana de experiência e sinta se está sendo bom para você. E me diga depois o que achou."

Um bom planejamento jamais pode ser algo "engessado". Pelo contrário, tem que ser absolutamente passível de mudanças e adaptações! 

Um dos equívocos mais graves que vejo por aí no planejamento de muitos concurseiros é aquilo que eu chamo de "efeito conta-gotas".

"Do que se trata, professor?"

Trata-se daquele sujeito que ainda é um concurseiro iniciante, e que dispõe de poucas horas de estudo por semana, mas mesmo assim resolve dedicar aquelas poucas horas a muitas e muitas matérias simultaneamente.

"Pode criar um exemplo, professor?"

Claro! Suponhamos que um aluno dispõe de apenas 20 horas de estudo semanal. Mas ele está super animado e quer ser aprovado quanto antes. Assim, decide que vai estudar, ao mesmo tempo, digamos, contabilidade, auditoria, direito constitucional, direito administrativo, direito tributário, matemática financeira, estatística, raciocínio lógico, administração pública e português.

Quer contar aí novamente? São 10 matérias de uma só vez! 

E aí o que fez o nosso amigo? Ele ouviu falar que o melhor caminho seria fazer um "ciclo de estudos". Não demorou mais que um minuto para fazer esta conta de dividir: "20 horas para 10 matérias... 20 dividido por 10 é igual a 2... Pronto, já defini o meu ciclo:  estudarei cada matéria por duas horas!"

Na segunda-feira, bem cedinho da manhã, ele pulou da cama para iniciar o seu ciclo de estudos.  Teve que madrugar, pois precisava estudar aquelas duas horas, antes de sair para o trabalho. A bem da verdade, nosso amigo ainda estava caindo de sono... e ainda tinha esse horário de verão para piorar tudo...

Mas ele estava decidido! Tomou às mãos um livro de contabilidade que lhe haviam indicado. Respirou fundo e começou a ler. Os olhos ainda estavam pesados e ele sentia que seu cérebro ainda não estava no auge da forma... Mesmo assim, seguiu em frente. A leitura não parecia fluir muito bem, no começo. Aquilo tudo era muito novo para ele. O fato é que, heroicamente, conseguiu fechar as suas duas primeiras horas de estudo. 

Ao terminar, tomou um grande susto. Havia avançado tão pouco no estudo do livro, que nem acreditava que tinham se passado duas horas só para aquilo...

"Não importa", pensou! "Importante é que cumpri o meu ciclo de hoje!"

Neste momento, vocês certamente vão me perguntar: "E o que há de errado no que fez o rapaz do exemplo aí acima, professor?"

O que há de errado, meus amigos, é que o prezado aluno do exemplo acima só vai retomar o estudo da Contabilidade daqui a uma semana. E olhe lá se não passar disso!

O que vocês acham que essa pequena "gota" de estudo da Contabilidade, que ele fez às quatro da manhã (em horário de verão!) uma semana antes,  vai representar uma semana depois? 

Nem precisa responder! 

Este concurseiro caiu na armadilha do "efeito conta-gotas"!

Por ter escolhido muitas matérias de uma só vez para estudar, ele não conseguirá dedicar tempo suficiente a cada uma delas, a ponto de experimentar uma verdadeira evolução no seu conhecimento! 

Quem mergulha no efeito conta-gotas sofre de uma enorme frustração, pois, por mais que estude, não consegue evoluir no seu aprendizado.

Nos meus atendimentos do Personal, já encontrei muitos alunos nesta situação. Alguns até choravam, literalmente.

Outros ficavam muito felizes quando eu lhes indicava uma nova possibilidade, um novo caminho!

Houve uma aluna que disse assim: "Professor, posso lhe falar sinceramente? Eu estava seguindo as dicas de um "especialista" muito famoso... E estava muito triste, porque não funcionavam para mim aquelas dicas. Mas eu não queria mudar, porque achei que ele devia estar certo, e eu, errada..." 

Vou repetir o que já disse acima: "planejamento é laboratório". 

Crie o seu planejamento e o ponha em teste! Se estiver funcionando bem, ótimo! Do contrário, não tenha medo de mudar! 

Uma das minhas 4 palestras aqui do Olá Amigos trata exatamente sobre este tema: "Como Planejar os Seus Estudos". Quem assina o pacote "Aluno Amigo" tem direito a estas palestras. Se alguém preferir adquiri-las isoladamente, também pode fazê-lo.

Mas o melhor de tudo é aproveitar a nossa promoção do "Outubro Personal" e tornar-se meu orientando! Que tal? Aproveitem, que hoje já é dia 19.

Clique aqui e saiba todos os detalhes sobre o Personal e a promoção de outubro!

Estamos juntos!

Um forte abraço a todos!

E fiquem com Deus!

Sérgio

olaamigos@gmail.com