Silêncio!

Silêncio!

Olá, Amigos!

Tudo bem?

Sempre que temos editais na praça, logo começo a perceber sinais de uma espécie de “ansiedade coletiva” entre os alunos...

E o que vejo? Vejo pessoas vivendo em grande ruído interno. Pensamentos, milhares deles, que se multiplicam desordenadamente e exercem um efeito que chega a maltratar.

“Professor, por favor, me ajude!”

Todos os dias, impreterivelmente, chega até mim este pedido! 

Ocorre que, muitas vezes, esperam de mim uma resposta pronta. “Dedique-se a este ou àquele concurso... faça assim... faça assado...”

Respostas prontas, entretanto, não resolvem muito. O “alívio” que elas trazem é efêmero. Aquele ruído interior logo retorna, pois sua causa não é meramente a dúvida supostamente tirada pela resposta pronta...

Aquele ruído só se resolve com o silêncio. 

E aqui me refiro a um silêncio “de dentro” de nós. Aquele único capaz de refrear a voracidade dos pensamentos que gritam e perturbam a nossa paz, a nossa ordem, a nossa segurança, a nossa autoestima.

O que vejo são pessoas oprimidas. Olham no espelho e choram, desacreditadas de si. Pessoas que não conseguem enxergar em si a sua essência. Mesmo sem se dar conta disso, estão vivendo sob a tirania dos próprios pensamentos.

Já não é fácil a vida de concurseiro. E disso todos sabemos! Agora imaginem o quanto mais difícil se tornará para alguém que perdeu a liberdade interior...

“Professor, como saberei se estou vivendo nessa condição?”

Vamos ver alguns sinais?

– Acordar pela manhã e já sentir um certo aperto na garganta, uma sensação de medo pelo dia que vai começar;

– Acordar pela manhã e sentir-se angustiado por não acreditar que vai dar certo seu projeto de aprovação;

– Acordar pela manhã, já pensando que todos os outros seres humanos do planeta são melhores que você, mais belos e mais inteligentes, e que todos vão alcançar o sucesso, menos você;

– Acordar pela manhã e sentir-se um “quase nada”..., que está perdendo o seu tempo lutando por um objetivo “distante”;

– Acordar pela manhã totalmente desacreditado de si...

– Acordar pela manhã e sentir uma raiva fina e profunda, por ainda não ter chegado aonde almeja...

Vejam que estes são apenas alguns dos sintomas. Reparem também que eu iniciei cada um deles falando da parte da manhã, mas estes pensamentos e sensações muitas vezes perduram o dia inteiro...

E se há algo que eu sei, verdadeiramente, é que não são poucos os que estão vivendo dessa forma, assolados por pensamentos tiranos.

Sair deste estado mental exigirá um passo importante de vocês! Um passo que se resume numa palavra: “vontade”.

Vontade para buscar algo que certamente vocês ainda não experimentaram: aquele silêncio interior de que falei no início deste artigo. 

A forma que encontrei de ajudá-los, meus amigos e minhas amigas, foi por meio de um treinamento de três semanas apenas. Batizei este projeto de Motivação Para Vencer (MPV), e o construí com as ferramentas capazes de nos fazer silenciar. 

E não é sem uma grande alegria que lhes digo que o MPV alcançou o seu propósito, uma vez que dezenas de participantes das duas primeiras turmas já relataram os efeitos deste treinamento em suas vidas.

O silêncio interior propiciado pelo MPV é aquilo que traz a mudança de padrão de pensamentos. Novos sentimentos têm aflorado na vida dos nossos alunos. Em vez de angústia, esperança; em vez de medo, confiança; em vez de desprezo por si, autoestima.

Em vez de lágrimas, sorrisos!

Agora em outubro teremos a terceira e última turma do Motivação Para Vencer deste ano de 2017. 

E só voltaremos com uma próxima edição em janeiro do ano que vem. Este intervalo é algo que de preciso, eu mesmo, para descansar um pouco, pois devo dizer-lhes, meus amigos e minhas amigas, que vivo intensamente os 21 dias em que o MPV está em andamento. 

Ao longo desses dias, escrevo mensagens quase diárias aos participantes, trazendo-lhes textos e conhecimentos que complementam os vídeos da manhã e da noite. E-mails que ajudam a encontrar aquele silêncio interior.

Por meio do MPV, trouxemos luz ao coração dos nossos alunos. 

As inscrições desta última turma de 2017 seguem somente até sexta-feira desta semana, dia 6 de outubro. 

E no dia seguinte, sábado, 7 de outubro, daremos início ao treinamento!

Participem!

Estamos juntos!

Um forte abraço a todos!

E fiquem com Deus!

Sérgio 

olaamigos@gmail.com