Tem EXISTIR e tem HAVER! O que tem A VER?

Tem EXISTIR e tem HAVER! O que tem A VER?

Olá, Amigos!

Estão todos bem? Espero que sim!

É sempre uma imensa alegria escrever para vocês!

Certo dia, em um grupo de estudos do Facebook, alguém afirmou que “tem haver” não existia e que o correto era “tem a ver”. Meus Amigos, como sempre alerto, em se tratando do nosso idioma, devemos tomar bastante cuidado com certas afirmações. Ao ler o título deste artigo, por exemplo, quem daria como errada a construção “tem haver”?


EXISTIR X HAVER

O que o verbo HAVER tem a ver com o verbo EXISTIR?

- O verbo EXISTIR é intransitivo e pessoal (possui sujeito).

- O verbo HAVER, no sentido de EXISTIR, é transitivo direto e impessoal (não possui sujeito).

E o que isso quer dizer?

É bem simples, meus Amigos: enquanto o EXISTIR tem sujeito, o HAVER tem objeto direto; enquanto o EXISTIR concorda com o sujeito, o HAVER permanece na terceira pessoa do singular. Vale o mesmo para as locuções verbais nas quais esses verbos sejam principais.

O termo que, diante do verbo EXISTIR, exerce a função de sujeito é o mesmo que, diante do verbo HAVER, exerce a função de objeto direto.

Exs.: Existem (Devem existir) muitos alunos na sala. Sujeito – muitos alunos.

(Deve haver) muitos alunos na sala. Objeto direto – muitos alunos.


ATENÇÃO!

O verbo HAVER, como auxiliar de locução verbal (se o verbo principal for pessoal), concordará com o sujeito.

Exs.: Hão de existir muitos alunos na sala. Existir (principal) – pessoal.

Há de haver muitos alunos na sala. Haver (principal) – impessoal.


HAVER X A VER X A HAVER

- HAVER – O vocábulo “haver” possui inúmeras acepções, inclusive pode se comportar como substantivo, significando “parte do crédito”; quando utilizado no plural, significa “bens”. Ex.: Ele tem haveres.

- A VER – Parte integrante da expressão “ter a ver (com)”, utiliza-se com o sentido de “ter relação (com)”. Ex.: Sucesso tem a ver com planejamento.

- A HAVER – Com essa construção, significa “a receber”, “a recuperar”, “a reaver”. Ex. Ele tem uma certa quantia a haver.


Meus Amigos, a partir do próximo artigo, as questões serão numeradas com base no artigo anterior.


JÁ CAIU EM PROVA!


116- MPE-RS/2015 – MPE/RS – Assessor (Adaptada)

“Mesmo assim, o ambiente doméstico tem _________ com educação.”

Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna. 

( A ) haver 

( B ) a ver 


117- FGV/2013 – AL/MT – Procurador

“Ainda existem milhares de obras de arte desaparecidas na guerra.” 

A única forma verbal abaixo que mostra uma forma incorreta gramaticalmente de substituir a forma sublinhada é

( A ) hão de existir. 

( B ) deve haver.

( C ) têm de haver.

( D ) devem existir.

( E ) há de haver.


118- CESGRANRIO/2013 – BNDES – Nível Superior

De acordo com a norma-padrão, o verbo haver não pode assumir a forma de plural quando é usado como verbo impessoal. 

A forma verbal destacada NÃO é impessoal em: 

( A ) Em muitos casos, não há alternativa senão defender uma visão conservadora da sociedade.

( B ) Embora muitas pessoas insistam em não aceitar a mudança, para mim não há verdade indiscutível.

( C ) Houve época em que os valores religiosos se impunham à quase totalidade das pessoas.

( D ) Não haverá convívio social equilibrado e produtivo sem princípios e valores estabelecidos.

( E ) Uma comunidade que não respeitasse certos princípios e normas haveria de fracassar.


119- CESPE/2011 – AL/CE – Analista Legislativo

Em “há dúvidas”, o verbo é impessoal e, por isso, não se flexiona.

CERTO (  ) ERRADO (  )


120- CESPE/2008 – STJ – Técnico Judiciário

Em “É certo que há paralelos com a Grande Depressão norte-americana.”, a substituição de “há” por “existe” preserva a correção gramatical do texto e reforça a ideia de existência. 

CERTO (  ) ERRADO (  )


COMENTÁRIOS


116- RESPOSTA: ( B )

“Mesmo assim, o ambiente doméstico tem a ver com educação.”

A expressão “tem a ver (com)” possui o sentido de “tem relação (com)”.


117- RESPOSTA: ( C )

( A ) CORRETA – hão de existir. O verbo principal (existir) é pessoal, fazendo o verbo “haver” concordar com o sujeito (hão).

( B ) CORRETA – deve haver. O verbo principal (haver) é impessoal, fazendo o verbo “dever” permanecer na terceira pessoa do singular (deve).

( C ) INCORRETA – têm de haver. O verbo principal (haver) é impessoal, fazendo o verbo “ter” permanecer na terceira pessoa do singular. Corrigindo: tem de haver.

( D ) CORRETA – devem existir. O verbo principal (existir) é pessoal, fazendo o verbo “dever” concordar com o sujeito (devem).

( E ) CORRETA – há de haver. O verbo principal (haver) é impessoal, fazendo o verbo “haver” permanecer na terceira pessoa do singular (há).


118- RESPOSTA: ( E )

( A ) IMPESSOAL – No sentido de “existir”.

( B ) IMPESSOAL – No sentido de “existir”.

( C ) IMPESSOAL – No sentido de “existir”.

( D ) IMPESSOAL – No sentido de “existir”.

( E ) PESSOAL – Como o verbo principal (fracassar) é pessoal, o verbo “haver” deve concordar com o sujeito. Corrigindo: “certos princípios e normas haveriam de fracassar”.


119- O item está CERTO.

No sentido de “existir”, o verbo “haver” é impessoal, devendo permanecer na terceira pessoa do singular.


120- O item está ERRADO.

No sentido de “existir”, o verbo “haver” é impessoal, devendo permanecer na terceira pessoa do singular. O verbo “existir” é pessoal e deve concordar com o sujeito. A substituição de “há” por “existe”, além de não ter nada a ver com reforçar a ideia de existência, não preserva a correção gramatical do texto.


Por hoje é só, meus Amigos!

Bons estudos!

Até breve!

Abraços!

Elias Junior

jlmeliasjunior@gmail.com

facebook.com/jlmeliasjunior