PRF envia novo pedido de concurso e revê número de vagas

PRF envia novo pedido de concurso e revê número de vagas

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) enviou um novo pedido de concurso para o cargo de policial rodoviário federal ao Ministério da Justiça na última sexta-feira, dia 20. E outra boa notícia é que a quantidade de vagas solicitada, que seria de 1.200, foi revista. A demanda agora precisa ser encaminhada para o Ministério do Planejamento, responsável pela autorização dos concursos no poder Executivo federal.

Clique aqui e conheça os Projetos de Coaching Para Concursos do Prof. Sérgio Carvalho! Acompanhamento individual e totalmente personalizado! Prepare-se com quem entende do assunto!

Com a revisão da oferta pretendida, a solicitação foi para 1.300 vagas. A explicação para a quantidade inicial de vagas era a de que ela era a adequada à capacidade de formação da Academia Nacional da PRF, que é de 600 alunos por semestre. Em função da grande necessidade de pessoal, porém, uma consulta foi feita à academia para verificar a possibilidade de ampliação desse número.

O parecer obtido foi o de que seria viável a inclusão de 50 alunos a mais por semestre, permitindo assim o incremento da solicitação do concurso. Ainda assim, a quantidade de vagas pedida permaneceu abaixo da que vinha sendo pleiteada nos últimos anos, que era de 1.500 oportunidades na função.

O déficit de policiais rodoviários federais é hoje de cerca de 2.500 servidores, havendo ainda a previsão de que ao fim deste ano sejam totalizadas 3.600 aposentadorias a contar do início de 2016, conforme documento da Coordenação Geral de Recursos Humanos do órgão. Diante desse cenário, a expectativa é que a seleção seja autorizada em breve.

Clique aqui para conhecer os nossos pacotes de cursos básicos e prepare-se com antecedência para o concurso dos seus sonhos! Português, Matemática, Raciocínio Lógico, Direito Constitucional, Direito Administrativo e mais 15 cursos!

Para ser policial rodoviário federal é necessário possuir formação superior em qualquer área e carteira de habilitação, na categoria B ou superior. Conforme reajuste recém confirmado, a remuneração inicial é de R$9.501,98, já com o auxílio-alimentação, de R$458. O valor sobe para R$9.931,57 em 2018 e para 10.357,88 em 2019. O último concurso para o cargo foi aberto em 2013.