SAP/SP: saiu edital com 416 vagas

SAP/SP: saiu edital com 416 vagas

Foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira, dia 10, o edital de abertura das inscrições do concurso da SAP/SP (Secretaria Estadual de Administração Penitenciária de São Paulo). Sob organização da MS Concursos, a seleção visa o preenchimento de 416 vagas, sendo 316 são para cargos com exigência de ensino médio e 100 para nível superior. 

>> PACOTE BÁSICO P/ CONCURSOS! Português, Informática, Raciocínio Lógico, Matemática e vários outros cursos! BÔNUS: palestras do Prof. Sérgio Carvalho (motivação e técnicas de estudo) e Coaching Em Videoaulas! Clique e aqui e adquira os Pacotes dentro da PROMOÇÃO DOBRADINHA DE NATAL!

As inscrições serão recebidas entre os dias 23 de janeiro e 23 de fevereiro. A ficha de cadastro estará disponível no endereço eletrônico da MS Concursos (www.msconcursos.com.br). Os valores da taxa de participação são de R$ 40 para ensino médio e R$ 65 para nível superior. 

O candidato poderá se inscrever para mais de um cargo, desde que a prova objetiva seja aplicada em dias distintos, especificado a seguir: no dia 24 de março para oficial administrativo, técnico de enfermagem, agente técnico de assistência à saúde (assistente social, psicólogo e terapeuta ocupacional), cirurgião dentista e enfermeiro; e dia 25 de março para analista administrativo e analista sociocultural - pedagogo.

Nível médio e técnico

Das vagas para cargos de ensino médio, 265 são para a carreira de oficial administrativo, que é comum para toda a administração pública estadual, com atribuições específicas variando de acordo com o órgão de lotação. Neste caso, a remuneração inicial da categoria é de R$ 1.544 acrescido do Prêmio de Desempenho Individual (PDI) de até R$ 190.

Ainda no caso de ensino médio, o concurso da SAP/SP conta com 51 vagas para o cargo de técnico de enfermagem, com remuneração inicial de R$ 1.754,74. Neste caso, além da escolaridade, os interessados deverão possuir formação de cunho técnico.

Nível superior

Para nível superior, as vagas são para o cargo de agente técnico de assistência à saúde nas especialidades de psicólogo (23), assistente social (22) e terapeuta ocupacional (5), com R$ 2.179,02 para as duas primeiras funções e R$ 2.389,02 para a última, além de analista sociocultural - pedagogo (5 vagas, R$ 2.570,84 acrescido do Prêmio de Desempenho Individual de até R$ 374,05) e analista administrativo (25, R$ 2.570,84, acrescido do PDI de até de até R$ 374,05).

Por fim, há mais oito vagas para cirurgião dentista, com R$ 3.243,02; e 12 postos para a carreira de enfermeiro, com inicial de R$ 2.885,83.

>> COACHING PARA CONCURSOS COM O PROF. SÉRGIO CARVALHO! ORGANIZE OS SEUS ESTUDOS: planejamento, técnicas de estudo, indicação de materiais, aspectos motivacionais e vários outros fatores! Clique aqui e conheça os Projetos de Coaching do Prof. Sérgio: acompanhamento individual e totalmente personalizado! Prepare-se com quem entende do assunto!

Provas

O concurso da SAP/SP será constituído de uma única etapa: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. A avaliação será aplicada na capital paulista para os cargos de analista sociocultural - pedagogo e agente técnico de assistência à saúde - terapeuta ocupacional, e nas cidades de São Paulo, Bauru, Campinas, Presidente Prudente e Taubaté para as demais carreiras. A previsão é de que as provas sejam realizadas nos dias 24 e 25 de março. 

Para os cargos de agente técnico de assistência à saúde, cirurgião dentista e enfermeiro, a seleção contará com cinco questões de conhecimentos gerais e 35 de conhecimentos específicos. 

Para analista sociocultural - pedagogo serão 70, sendo 20 de língua portuguesa, cinco de matemática, 15 de conhecimentos gerais e 30 de conhecimentos específicos. Para analista administrativo serão 30 de língua portuguesa, cinco de matemática, 40 de conhecimentos gerais e cinco de conhecimentos de informática. 

Para o cargo de oficial administrativo serão 30 de língua portuguesa, cinco de matemática, 20 de conhecimentos gerais e cinco de conhecimentos de informática, enquanto que para técnico de enfermagem serão 10 de língua portuguesa, 10 de matemática, 10 de conhecimentos gerais e 20 de conhecimentos específicos. 

As provas serão elaboradas em quatro versões diferentes, com questões contando com cinco alternativas. Os exames contarão com limite de 100 pontos, sendo necessário atingir um mínimo de 50 para ser aprovado.