Dedicação e Fé!

Dedicação e Fé!

Olá, Amigos!

Tudo bem com vocês?

Não sei se sabem disso, mas estudei ao longo de sete anos, desde o início, até ser aprovado para o cargo de Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil!

Sete anos ininterruptos, nos quais trabalhava (muitas vezes três expedientes) e estudava! 

Durante este período, usei todas as minhas férias para os estudos! Não me arrependo nem um minuto do que fiz, acreditem! Se fosse o caso, faria tudo novamente, do mesmo jeito! 

Não lhes direi que foi fácil. Longe disso. 

Para estudar ao longo de todo esse tempo, como fiz, e não deixar tudo de lado, foi preciso um ingrediente especial, meus amigos e minhas amigas, do qual venho lhes falar neste artigo.

A fé!

Sabem o que é a fé? Vocês sabem? 

Vou tomar emprestada a melhor definição de fé jamais escrita. E ela diz assim: “Fé é a firme certeza das coisas que se esperam. A convicção daquilo que não se vê”.

São palavras bíblicas. Estão lá no livro de Paulo, escrito aos Hebreus. (Hb, 11,1).

É maravilhoso isso: você espera algo que ainda não se realizou, mas tem a plena certeza de que irá se realizar! Existe no seu coração, mesmo que de forma completamente inexplicável, uma convicção de que aquilo irá acontecer!

Eu confesso a vocês, meus amigos e minhas amigas, que vivi esta experiência durante estes sete anos em que batalhei pelo meu propósito de ser um fiscal da Receita.

Não consigo muito explicar como era, mas por mais demorada que estivesse sendo aquela minha caminhada (reparem que sete anos não são sete dias, nem sete semanas, e nem sete meses...), eu simplesmente sabia que alcançaria a minha aprovação!

Eu sempre fiz questão de acreditar! 

Nas minhas aulas presenciais (que até hoje atraem centenas de alunos, graças a Deus), eu sempre surpreendo a turma já no início do curso, quando paro a aula e peço, sem meias palavras:

“Quem acredita que vai passar no concurso, por favor, levante a mão!”

É quase um choque elétrico que a turma sente! Ficam todos assustados, pela surpresa da pergunta. A cabeça deles deve ficar a mil por hora, e muitos não sabem se devem mesmo erguer a mão...

Aí eu reforço: “Vamos lá, gente! Vocês acreditam ou não acreditam?”

Tenho certeza de que muitos deles jamais haviam pensado a esse respeito. Estavam simplesmente estudando, esforçando-se para aprender o máximo possível, mas sem parar para olhar para dentro de si.

O convite que lhes faço hoje neste artigo, meus amigos e minhas amigas, é o mesmo: parem por um instante, fechem os olhos e respirem fundo. Procurem esta resposta dentro de si.

Vocês têm fé na sua aprovação? Acreditam verdadeiramente que irá acontecer?

Se por acaso ainda não houver esta firme convicção no coração de vocês, eu os convido a todos a se tornarem, de pronto, semeadores!

“Semeadores do quê, professor?”

Da semente da fé! 

“E dá para fazer isso, professor?” 

Estou certo que sim! 

A partir de hoje, quando forem iniciar os seus estudos, sugiro que façam um minuto de introspecção. Fechem os olhos, respirem fundo umas três vezes, com muita calma, e encham o coração da firme certeza de que seu esforço será em breve recompensado!

Digam consigo: “Estou plantando hoje, e sei que vou colher os frutos amanhã!”

Não sei se vocês sabem, meus amigos e minhas amigas, mas sou uma pessoa de origem muito humilde. Meus pais não tinham recursos financeiros. Mas tinham (e têm até hoje) muito amor por cada um dos seus quatro filhos. 

Na simplicidade do pouco que eu tinha, fui uma criança muito feliz. Tinha o amor dos meus pais e dos meus irmãos. Brincava na rua com meus amigos e adorava matemática. Nas férias, viajava para o interior do Ceará, para jogar bola no sítio “Venha Ver” com meus primos. Rezava a Deus para ser feliz e poder ajudar os outros.  

O que mais eu poderia desejar? 

Um dia, Deus plantou no meu coração o sonho de trabalhar na Receita Federal. E junto com o sonho, plantou a semente da fé: a firme convicção de que um dia, a despeito de todos os desafios e dificuldades, aquele sonho iria se realizar.

E se eu consegui, meus amigos e minhas amigas, creiam-me: vocês também podem! Eu não sou melhor do que nenhum de vocês! (Posso até saber um pouco mais de Matemática, nada além!) Tudo o que eu fiz foi me esforçar e acreditar. 

Só isso! 

Eu tenho comigo a certeza de que vocês já são todos vencedores! A aprovação virá, e é só uma mera questão de tempo! Para isso, basta que creiam e que façam a sua parte! 

Dedicação e fé, e é tudo isso o que vocês precisam para vencer!

Eu sou a prova viva destas palavras! 

Espero que reflitam um pouco a respeito do que conversamos aqui.

Estamos juntos!

Um forte abraço a todos!

E fiquem com Deus!

Prof. Sérgio Carvalho

olaamigos@gmail.com

>> Tem dificuldade em Raciocínio Lógico e Matemática? Então conheça o Pacote Sérgio Carvalho: Raciocínio Lógico, Matemática, Estatística e Matemática Financeira com teoria completa partindo do zero! Clique aqui e conheça a assinatura ilimitada!