MP/SP abre concurso com 60 vagas

MP/SP abre concurso com 60 vagas

Foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira, dia 17, o edital de abertura das inscrições do concurso do MP/SP (Ministério Público do Estado de São Paulo) para analista jurídico. A seleção visa o preenchimento de 60 vagas, além de formação de cadastro reserva para eventuais oportunidades. Esse será o primeiro a ser realizado de uma série de novos concursos autorizados pelo órgão nos últimos meses.

>> Aproveite a Promoção Dobradinha de Férias e adquira um dos nossos Pacotes para concursos! Você pode ganhar de presente o dobro do prazo, 1 curso avançado ou o Motivação Para Vencer (MPV)! Clique aqui e saiba tudo sobre a Promoção!

Para ingressar na carreira é necessário possuir formação de nível superior em direito, com remuneração inicial de R$ 7.697,23, para jornada de trabalho de 40 horas semanais. Além disso, os servidores também contarão com auxílio-alimentação de R$ 920 e auxílio-transporte de R$ 13,92, o que corresponde a R$ 306,24, considerando 22 dias úteis. Com isto, a remuneração total chega a R$ 8.923.47.  

Do total de oportunidades, cinco serão destinadas para a capital e Grande São Paulo, cinco para Araçatuba, cinco para Bauru, cinco para Campinas, cinco para Franca, cinco para Piracicaba, cinco para Ribeirão Preto, cinco para Santos, cinco para São José do Rio Preto,cinco para Sorocaba, cinco para Taubaté e cinco para o Vale do Ribeira, além de cadastro reserva em Presidente Prudente. 

A Fundação Vunesp é a empresa responsável pela organização e execução do processo de seleção. As inscrições serão recebidas entre os dias 24 de julho e 22 de agosto, por meio do endereço eletrônico www.vunesp.com.br.

Será cobrada uma taxa de participação do concurso do MP/SP, no valor de R$ 120, e o seu pagamento deverá ser efetuado até a data limite do prazo, observado o horário de funcionamento do banco. 

Provas

A primeira etapa a ser disputada pelos candidatos será a prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório. Ela contemplará 100 questões de múltipla escolha, sendo oito de língua portuguesa, quatro de atualidades, dez de direito constitucional e ministério público, oito de direito administrativo, 12 de direito penal, 12 de direito processual penal, oito de direito civil, oito de direito processual civil, seis de direito da infância e juventude, 12 de tutela de interesses difusos e coletivos, quatro de direito comercial e empresarial, quatro de direitos humanos, e quatro de direito eleitoral.

Com duração máxima de cinco horas, a avaliação será aplicada no dia 30 de setembro, no período da tarde, nas cidades sedes das áreas regionais do MP/SP (Capital e Grande São Paulo, Araçatuba, Bauru, Campinas, Franca, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, Sorocaba, Taubaté e Vale do Paraíba). 

O concurso do MP/SP ainda contará com provas escrita e discursiva, eliminatória e classificatória. Composta por cinco questões discursivas e duas redações técnicas, elas avaliarão o domínio do conhecimento jurídico e da prática processual, o desenvolvimento do tema na estrutura proposta, o domínio da norma-padrão, a adequação da linguagem jurídica, a articulação do raciocínio jurídico e a capacidade de argumentação, necessários ao desempenho do cargo.

A primeira redação versará sobre direito penal ou direito processual penal; enquanto que a segunda será sobre tutela dos interesses difusos e coletivos ou direito processual civil. As provas escrita e discursiva terão duração de quatro horas e serão realizadas na data prevista de 25 de novembro.