PRF confirma CESPE para seu novo concurso

PRF confirma CESPE para seu novo concurso

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou, por meio de publicação em diário oficial, nesta sexta-feira, dia 19 de outubro, a dispensa de licitação confirmando o Cebraspe (CESPE) como banca organizadora do seu novo concurso público. Agora, o próximo passo é a assinatura do contrato, que deve ocorrer nos próximos dias, para que o edital possa finalmente ser publicado, o que deve ocorrer ainda este mês ou, no mais tardar, início de novembro. 

>> PACOTE BÁSICO P/ CONCURSOS: Português, Informática, Raciocínio Lógico, Matemática, Direito Constitucional, Direito Administrativo e vários outros cursos! BÔNUS: palestras do Prof. Sérgio Carvalho (motivação e técnicas de estudo) e Coaching Em Videoaulas! Clique aqui e conheça!  

O concurso será para o preenchimento de 500 vagas para o cargo de policial rodoviário. A autorização do concurso, publicada em 27 de julho, determina um prazo de até seis meses para a publicação do edital, ou seja, até 27 de janeiro.Porém, o órgão não deve aguardar este limite para iniciar o certame, tendo em vista que a intenção inicial do ministro da segurança Raul Jungmann era publicar o edital em junho, o que somente não foi possível em decorrência do impasse pelo aumento da oferta, que acabou atrasando a autorização do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG). 

>> Tem dificuldade em Raciocínio Lógico e Matemática? Então conheça o Pacote Sérgio Carvalho: Raciocínio Lógico, Matemática, Estatística e Matemática Financeira com teoria completa partindo do zero! Clique aqui e conheça!

Para concorrer ao cargo de policial rodoviário é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área de formação, além de carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A jornada de trabalho dos servidores é de 40 horas semanais.

A remuneração inicial da é de R$ 9.931,57, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

Além disso, de acordo com a lei 13.371, sancionada pelo presidente Michel Temer em 2016, os servidores contarão com mais um reajuste, em janeiro de 2019, quando o salário passará a ser de R$ 10.357,88, também com o benefício.