Receita Federal tem mais de 21 mil cargos vagos

Receita Federal tem mais de 21 mil cargos vagos

Um dos concursos mais aguardados para 2019 é o da Receita Federal do Brasil, para os cargos de Auditor (AFRFB) e Analista (ATRFB). O órgão sofre com uma grande defasagem de pessoal e, se o quadro não for ampliado, a qualidade dos serviços prestados à população será afetada gravemente, conforme já foi apontado por relatório Tribunal de Contas da União (TCU).

EXATAS AFRFB 2019: questões de diversas bancas e todas as matérias exatas em um único Curso: Raciocínio Lógico, Matemática, Estatística e Matemática Financeira! Clique aqui e conheça o novo Curso do Prof. Sérgio Carvalho!

Último levantamento, de agosto de 2018, aponta que a Receita Federal tem 21.237 postos em aberto, número em constante crescimento. Do déficit de servidores, 11.197 são de Auditores e 10.040 de Analista. A situação pode ficar mais crítica, ainda mais que cerca de 20% do pessoal já está apto a se aposentar.


Sindicatos da categoria, assim como o TCU, já demonstraram diversas vezes, ao longo dos últimos meses, a necessidade de um certame urgente e que os serviços prestados à população podem ser seriamente prejudicados se nada for feito pelo governo.

>> PACOTE BÁSICO P/ CONCURSOS: Português, Informática, Raciocínio Lógico, Matemática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Tributário, Contabilidade e vários outros cursos! BÔNUS: palestras do Prof. Sérgio Carvalho (motivação, planejamento e técnicas de estudo) e Técnicas de Memorização! Clique aqui e conheça os nossos Pacotes!

Nova solicitação de concurso

A última solicitação, para este ano de 2019, encaminhada ao então Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), hoje integrado ao Ministério da Economia, é para o preenchimento de 5.000 vagas. O pedido abrange 3.000 oportunidades de Analista-Tributário de 2.000 de Auditor-Fiscal. Ambas as carreiras aceitam profissionais com formação superior completa em qualquer área de atuação. O salário inicial corresponde a R$ 16.201,64 e a R$ 9.714,42, respectivamente, já incluindo o vale-alimentação de R$ 458.